Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Intenção de voto

José Eliton é único pré-candidato a governador a crescer, mostra pesquisa

Confira o cenário das eleições estaduais | 09.04.18 - 09:08 José Eliton é único pré-candidato a governador a crescer, mostra pesquisa (Foto: Renato Conde/A Redação)
 
A Redação
 
Goiânia - Pré-candidato à reeleição, o governador José Eliton foi o único dos três principais candidatos ao Governo de Goiás a apresentar crescimento na última rodada da pesquisa Serpes/O Popular, divulgada nesta segunda-feira (9/4).

O tucano tinha 6,2% das intenções no levantamento passado, realizado pela Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg), e agora aparece com 6,7% das intenções, alta de 0,7 ponto porcentual. Assim, o governador tucano foi o único a registrar crescimento na preferência do eleitorado.
 
A menos de seis meses das eleições de 7 de outubro, a pesquisa mostra a fragilidade da candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM). Apesar de ainda liderar a corrida para o Palácio das Esmeraldas, com 39,7%, Caiado teve queda de 4,3 pontos porcentuais na comparação com o levantamento anterior, realizado pelo Serpes a pedido da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg).
 
 
Na rodada anterior, Caiado aparecia com 44% das intenções de votos. O levantamento atual mostra que o índice da pesquisa anterior é o teto de votos do senador. A última Serpes também traz outras duas informações importantes sobre a corrida eleitoral: o candidato do MDB, deputado federal Daniel Vilela, também despencou enquanto o José Eliton cresceu e foi da terceira para a segunda posição.
 
Na rodada da Acieg, Daniel aparecia com 12,1% das intenções de votos. Na Serpes/O Popular de hoje, o deputado federal tem 6,2%, queda de 5,9 pontos porcentuais na comparação desta com a anterior. José Eliton, por sua vez, cresceu: tinha 6,2% das intenções no levantamento passado e agora aparece com 6,7% das intenções, alta de 0,7 ponto porcentual. Assim, o governador tucano foi o único a registrar crescimento na preferência do eleitorado.
 
Em relação a Daniel Vilela, os números da Serpes mostram que o apoio do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), ao deputado federal foi, ao contrário do que se esperava, ruim para o pré-candidato emedebista. O impacto negativo é provavelmente resultado da administração mal avaliada do cacique do PMDB na capital, marcada por obras paralisadas, caos na coleta de lixo e limpeza urbana e pela péssima qualidade da pavimentação urbana, que derreteu durante o período chuvoso.
 
Já a base de José Eliton só tem a comemorar. O crescimento da candidatura dele coincide com o rush de inaugurações de obras do Goiás na Frente comandado pelo governador e pelo ex-governador Marconi Perillo. Além disso, o fim da janela partidária reforçou a base aliada estadual e consolidou as candidaturas do governador à reeleição, de Marconi ao Senado e da senadora Lúcia Vânia à reeleição. Isso ocorreu em meio à corrida pelas vagas de suplentes dos senadores e da vice de José Eliton.
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351